Balanço revela consolidação do crescimento

Segundo ano de crescimento empolga fabricantes, que prevêem mais um aumento de dois dígitos em 2019

Os fabricantes de veículos entendem que o resultado de vendas em 2018 representa a consolidação da retomada do crescimento iniciada em 2017 (quanto também houve aumento de dois dígitos) e que deve continuar este ano. Os dirigentes fazem uma estimativa de aumento de 11,4% no licenciamento de veículos este ano, com a expectativa de comercializar 2,86 milhões de unidades.

“O mercado interno teve forte reação, o que mostra que parte da demanda reprimida foi bem atendida. O crescimento das vendas de caminhões e máquinas agrícolas indica a recuperação da economia brasileira. O único indicador negativo foi o volume de exportações, por causa da forte retração do mercado argentino, nosso principal parceiro comercial. O balanço da produção também foi positivo, mesmo com a redução nas exportações”, disse Antonio Megale, presidente da Anfavea, a associação dos fabricantes.

Se as vendas de carros e comerciais leves não chegaram a 2,5 milhões de unidades, conforme a Autoinforme antecipou dia 1 de janeiro, as vendas totais, incluindo caminhões e ônibus, atingiram 2,89 milhões de unidades, crescimento de 6,7% em relação ao ano anterior.

O único segmento que apresentou resultado negativo foi o das vendas externas: foram vendidos a outros países 629,2 mil veículos automotores, uma queda de 17,9% sobre o ano recorde de 2017 (766 mil unidades).

A expectativa das montadoras é comercializar 2,86 milhões de unidades este ano (crescimento de 11,4%) e a produção deve chegar a 3,14 milhões de unidades, o que significaria um aumento de 9%.

“A conjuntura macroeconômica indica fatos positivos, como aumento do PIB, inflação diminuindo e queda do dólar. A oferta de crédito em 2018 foi a maior desde 2011. Na soma de todos esses fatores ao otimismo com as reformas econômicas propostas pelo novo governo, acreditamos em uma reação sequencial, que passa pela retomada da confiança tanto do consumidor quanto do investidor”, disse Antonio Megale.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br