Carro voador

ehang

No passado, o carro do futuro, ou seja, o carro do presente, era um carro voador. Profetas e videntes imaginavam bólidos com design enérgico, provocador, protagonizando um mundo como o dos Jetsons (série de TV de Hanna-Barbera exibida originalmente entre 1962 e 1963).

A Nasa, agência espacial estadunidense, criou um protótipo de avião pessoal, com dois motores elétricos, mas o projeto, que já tem mais de dez anos, é bastante desconfortável, pois obriga o único ocupante a viajar de bruços, como um pássaro: é quase uma ”roupa voadora”, em que o piloto tem que se encaixar na cabine de comando. Veja. O veículo voador da Nasa não decolou comercialmente.

O fascínio pelo veículo voador vem desde a criação do carro. E, a rigor, já foi inventado. Vinte anos depois que Karl Benz colocou em funcionamento o primeiro motor à combustão interna, em 29 de janeiro de 1886, Santos Dumont faria a primeira decolagem autopropulsada com o 14-Bis, em Paris, em 23 de outubro de 1906.

Mas avião é avião; carro voador tem outra utilidade, é um veículo individual, monoposto ou no máximo para quatro pessoas, como um carro normal. E esse ainda não decolou. Mas as tentativas continuam e surgem mais alternativas.

A empresa holandesa Pal-V anunciou o lançamento de seu primeiro produto, o carro voador Liberty e promete apresentá-lo ao público no Salão de Genebra, que acontece em março próximo na Suíça. Será o primeiro carro voador de produção em série do mundo, um triciclo com duas rodas traseiras e uma dianteira, a propósito, terá o mesmo formato do primeiro veículo de Karl Benz, impulsionado por dois motores e uma hélice retrátil de tipo telescópico. Para decolar, o Liberty precisa de uma pequena área, apenas alguns metros de pista.

Tecnicamente o Liberty está pronto, mas ainda não tem autorização pra voar. Para isso serão necessárias as certificações ambientais e de segurança, mas segundo o fabricante, ele já atende aos padrões legais para a circulação de terra e ar nos EUA e Europa Ocidental.

Outro lançamento previsto para os próximos meses é o EHang, um voador com controle autônomo e motores elétricos, projetado para transportar dois passageiros. O veículo, uma espécie de drone tripulado, está sendo testado na China (mais de 1000 horas de vôo), dois anos depois de sua primeira aparição numa feira em Las Vegas.O Ehang tem oito motores elétricos, velocidade de 100 km/h e autonomia de 23 minutos.

1 comment

  1. Edson Reply

    Estamos em pleno século XXI e cada vez mais o homem, explora seus conhecimentos científicos, desenvolvendo veículos “revolucionários” dentro do século vigente.O futuro é este.Veículos voadores circularão no espaço aéreo até a metade deste século.Acredite se quiser…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br