China usa método inédito para reduzir atropelamentos

A China criou uma método inédito para fazer motoristas e pedestres obedecerem as regras de trânsito. A experiência está sendo feita na cidade de Chengdu, ao sudoeste do país.

Foram montadas faixas de pedestres nos cruzamentos em três dimensões, em três cores: azul, amarelo e branco.

As faixas têm sombreamento e perspectiva, dando a impressão que ela de levanta do solo

O objetivo é criar a ilusão aos motoristas de que se trata de um obstáculo, uma lombada e assim fazer com que os veículos reduzam a velocidade.

Parece que na China a faixa de pedestre é muito mais desrespeitada que no Brasil: muitos motoristas têm o hábito de acelerar em vez de reduzir a velocidade e os pedestres não respeitam o farol fechado: continuam atravessando a rua…. é um desrespeito dos dois lados: motoristas e pedestres.

Segundo o Ministério da Segurança Pública da China, nos últimos três anos houve 14 mil acidentes (atropelamentos) nas faixas de pedestres, com quase quatro mil mortes. Só na faixa de pedestre.

Em várias cidades chinesas foram instalados scanners faciais nos cruzamentos para identificar pedestres que não param no sinal vermelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br