Crescem as vendas a prazo

Aumento deve-se aos carros usados (+13,4%); financiamento de novos caiu 6,4%

seminovos

Embora tenha apresentado uma pequena queda em abril em relação a abril do ano passado (-1,9%, 357.591 unidades), o número de financiamentos de carros está crescendo no ano: no acumulado dos quatro primeiros meses, o volume de unidades compradas a prazo subiu 5%, com 1.566.560 unidades, conforme dados da Cetip.

Nesse número estão incluídas todas as categorias de veículos: carro, caminhão, moto, novos e usados. Analisando o mercado por segmento, verifica-se também um comportamento diferente dependendo na idade do carro (novo, seminovo, meia idade e velhinhos).

Os financiamentos em abril atingiram 289,8 mil unidades, 2,2 mil a mais do que no mesmo mês do ano passado. Mas é clara a diferença do comportamento do mercado de carros novos e seminovos e dos usados mais velhos. O financiamento de carros novos caiu de 83,9 mil em abril de 2016 para 76,3 mil agora. Houve queda também no segmento dos seminovos, de 58,6 mil para 47,6 mil. Já os compradores de carros mais velhos utilizaram mais as linhas de crédito para efetuar a compra. Tanto o segmento com até oito anos de uso quanto os velhinhos tiveram aumento do número de carros comprados a prazo (veja quadro).

Os números mostram claramente que é o consumidor de menor poder aquisitivo que mais recorre ao financiamento, enquanto no segmento de carro zero aumenta o número de venda à vista. Isso ocorre mesmo com a maior facilidade de aprovação de crédito para os segmentos de carros mais novos. Observe no quadro que, mesmo entre os velhinhos, carros com mais de doze anos de uso, houve aumento de financiamento, justamente um setor onde é menor a disponibilidade de crédito e maior a dificuldade de aprovação de cadastro. Quer dizer: o aumento de financiamento está ocorrendo APESAR da grande dificuldade, o que indica a busca de alternativas para girar o mercado diante da falta de recursos do consumidor.

Já os bancos de montadoras liberaram R$ 22 bilhões para financiar a compra de veículos no primeiro trimestre, 18,4% a mais do que no mesmo período de 2016. De acordo com a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras, o CDC (crédito direto ao consumidor) foi responsável por 50% dos negócios, o consórcio 5% e leasing 1%. O restante, 44%, foram de vendas à vista.

Financiamentos – Todos os veículos
(em unidades)

Categoria abr/16 abr/17
Total (+7,6%) 1.180.395 1.270.300
Novos (-6,4%) 344.308 322.215
Usados (+13,4%) 836.087 948.085


Financiamentos carros – Por categoria
(em unidades)

Categoria abr/16 abr/17
Total 287,6 mil 289,8 mil
Novos 83,9 76,3
Seminovos 58,6 47,6
4 a 8 anos 110,8 120,8
9 a 12 25,2 33,8
Velhinhos (+de 12) 9,1 11,0

Fonte: Cetip

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br