Elétricos: regras não chegam, mas o setor vai sobrevivendo

Lifan_330_elétrico_carregando
O Paraná inaugurou a primeira estação da primeira eletrovia brasileira, que vai ligar Paranaguá a Foz de Iguaçu e terá dez estações de recarga para carro elétrico, em obra feita pela Usina Itaipu e a Copel, a Companhia Paranaense de Energia. A rodovia terá dez eletropostos.

Enquanto não são definidas as novas regras para o setor, a sociedade traça os seus planos, na expectativa de que o carro elétrico tenha incentivos, para que o Brasil acompanhe a evolução dessa tecnologia e assim acompanhe o mundo desenvolvido.

Engenheiros automobilísticos se reúnem na sua entidade, a AEA, dia 26 deste mês, para debater a eletrificação em nossa matriz energética, na busca por uma propulsão mais eficiente e menos nociva ao meio-ambiente e à saúde humana.

As montadoras lançam aqui seus carros elétricos e híbridos, porque sabem que não podem perder tempo: quem chegar primeiro leva vantagem.

E o governo adiou mais uma vez o anúncio das regras, que seria feito na última quinta-feira (12).

Indústria, comércio e consumidores ficam aí, em compasso de espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br