Livre de cotas, setor de importados cresce 35%

kia_sportage3

Conforme o previsto, com o fim das cotas de importação e a liberdade para vender sem os 25 pontos percentuais a mais de IPI, o setor de importados está experimentando um formidável crescimento.

O balanço do semestre divulgado nesta terça-feira (3) pela Abeifa, a associação dos importadores, revela aumento de 35,1% no primeiro semestre do ano, contra igual período de 2017, com vendas de 17.947 unidades. Pelo ritmo até aqui, a previsão é que o setor cumpra a estimativa de vendas para 2018 em 40 mil unidades.

Houve queda de 6,9% em junho (3.013 unidades) em relação a maio, mas crescimento expressivo (15,8%) sobre junho de 2017.

“O desempenho negativo em junho em relação a maio foi resultado da alta do dólar. Com o objetivo de recuperar consecutivas quedas de vendas nos últimos cinco anos, os importadores procuraram oferecer produtos e preços competitivos no início do ano. Mas com a persistente pressão do dólar, o setor foi forçado a rever promoções e até aumentar seus preços em reais”, comentou o presidente da Abeifa, José Luiz Gandini.

As dezesseis marcas filiadas à Abeifa representam uma participação de apenas 1,59% no mercado total de carros e comerciais leves.

Entre as marcas mais vendidas, a Volvo foi a que mais cresceu, com 2.668 unidades no semestre, uma alta de 72% em relação ao primeiro semestre de 2017. A Kia vender 54,8% a mais e a BMW 43,9%.

Veja as marcas que mais venderam no semestre
tabela 5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br