Marchionne ganha um extra de US$ 50 milhões

Prêmio ao chefão da FCA é pela superação da meta prevista para 2018

Sergio Marchionne_Presidente FCA

Sergio Marchionne vai receber uma bonificação de US$ 50 milhões do Grupo Fiat Chrysler Automobile, que dirige, pelos bons serviços prestados. O prêmio é um reconhecimento pela superação das metas prevista para o final de 2018 já no exercício financeiro de 2016.

Com esse complemento, o patrimônio de Marchionne sobe para 580 milhões de dólares, segundo a revista Quattroruote, representado por ações de empresas do grupo, como da FCA, CNH e Ferrari. Ele tem 16.4 milhões de ações da FCA, 11,8 milhões da CNH e 1,46 milhões da Ferrari.

Se as metas previstas no Plano de Negócios do Grupo FCA forem superadas, no ano que vem ele terá mais um bônus, representado por 3,9 milhões de ações da FCA e 450 mil ações da Ferrari.

No Brasil, o Grupo FCA administra as marcas Fiat e Chrysler, que, juntas, têm uma participação de 17,3% do mercado interno e 33.690 unidades vendidas (dados de outubro).

Integram O Grupo FCA ainda as marcas Abarth, Alfa Romeo, Dodge, Fiat Professional, Lancia, Ram, SRT, Maserati, Mopar (peças e serviços), Comau (sistemas de produção), Magneti Marelli (componentes) e Teksid (fundição em ferro e alumínio).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br