Seminovos em queda

Seminovos_foto_luiz_fev2017

Ao contrário do ano passado, quando o mercado de seminovos crescia todos os meses acima do índice registrado no setor de zero, neste ano o resultado é bem diferente.

No acumulado do ano, a venda de seminovos caiu drasticamente: 51% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram negociados 1.375.438 carros com até três anos de uso no primeiro semestre, contra 2.802.963 em 2017.

Em junho, enquanto o mercado de novos se manteve estável (aumento de apenas 0,1% sobre maio) o de seminovos caiu 7,6% (233.772 unidades).

O mercado total de usados (carros, comerciais leves, motos, caminhões e ônibus), teve crescimento ínfimo, de 1,1% no acumulado do ano.

Os dados são da Fenauto, a federação que reúne os lojistas independentes de todo o país e revelam uma certa contenção do consumidor em relação às compras.

A entidade acredita que as incertezas no ambiente político podem estar prejudicando os negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br