Um Ka aventureiro para beliscar esse apetitoso segmento

– Ka Trail, o hatch custa a partir de R$ 47.690,00

2018_Ford_Ka_Trail_frentlat_3

O mercado dos falsos fora de entrada continua aquecido. A participação de vendas deste segmento quadriplicou, passando de 4% em 2003 para 16% esse ano. No segmento de compactos, só 5% dos modelos oferecem essa característica, com 36.000 unidades vendidas em 2016.

2018_Ford_Ka_Trail_Traslat_3

De olho nesta fatia do mercado a Ford lançou o Ka Trail, a nova versão aventureira. O carro tem visual diferenciado, com faixas esportivas nas laterais e traseira, rack de teto, molduras nas caixas de rodas, faróis de neblina, maçanetas e retrovisores na cor cinza, apliques nos para-choques e lanternas traseiras fumê, alem de suspensão elevada, rodas de alumínio de 15 polegadas e pneus de uso misto.

2018_Ford_Ka_Trail_Traslat_2

O Ka Trail tem nova suspensão que elevou a altura do solo em 3 cm. As alterações na suspensão incluem novas molas e amortecedores dianteiros e traseiros, barra estabilizadora dianteira maior, eixo traseiro mais rígido e novos coxins do motor com amortecimento hidráulico. Os freios ABS também foram recalibrados, assim  como a direção elétrica.

2018_Ford_Ka_mov_agua

No interior, destaque para os bancos de couro sintético e tecido, pedais de alumínio, soleira protetora na porta e tapetes personalizados.

Disponível nas versões 1.0 e 1.5, o novo hatch aventureiro urbano custa R$ 47.690,00 e R$ 51.990,00 respectivamente.

2018_Ford_Ka_Trail_interna

O motor é a mesmo que equipa as demais versões da família Ka: o 1.0 flex de três cilindros de 85 cv. Outra opção é o 1.5, de 110 cv, ambos com a tecnologia que dispensa tanquinho adicional para partida a frio.

2018_Ford_Ka_Trail_interna_2

O Ka Trail tem de série: ar-condicionado, direção elétrica, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros, abertura elétrica do porta-malas e direção com ajuste de altura. Tem também som com comando de voz e bluetooth, compartimento para o celular no painel, banco traseiro bipartido (60/40) e cinto de segurança de três pontos e apoio de cabeça para os cinco ocupantes.

O carro tem três anos de garantia, podendo ser estendida para cinco, com preço fixo de revisões e o valor das revisões pode ser incluído no financiamento

Luiz Cipolli Junior

1 comment

  1. Alvarenga Reply

    Se SUV 4X2 ja é uma piada, o que dizer então de carro compacto com suspensão meio elevada ser chamado de aventureiro ????
    As montadoras se aproveitam do povo ignorante pra deitar e rolar. É a mesma coisa com os carros “esportivos” que de esportivo não tem nada, so plastico a mais pendurado !
    O pior é que o povo acredita e compra !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br