Uma fábrica inteligente e econômica

Nova linha de pesados da Mercedes-Benz traz tecnologia 4.0

IMG_1226

A nova linha de montagem de caminhões da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo traz o conceito da indústria 4.0, expressão que engloba tecnologias de automação e troca de dados e utiliza sistemas ciber-físicos, internet e computação em nuvem

A Indústria 4.0 facilita a execução com estruturas modulares, monitora os processos físicos, cria uma cópia virtual do mundo físico e toma decisões descentralizadas. Com a internet, os sistemas se comunicam e cooperam entre si e com as pessoas, em tempo real, e através da computação em nuvem, ambos os serviços internos e intra-organizacionais são oferecidos e utilizados pelos participantes da cadeia de valor.

IMG_1234

A nova linha de montagem faz parte de um investimento de R$ 500 milhões aplicados pela empresa desde 2015. Foram três anos de construção de um prédio totalmente novo que concentra a montagem de caminhões, dos leves aos pesados, e a logística de peças, num sistema moderno, integrado e inteligente.
“As tecnologias inovadoras da indústria 4.0 serão expandidas a todos os nossos processos produtivos, como linhas de motor, câmbio e eixos e à fabricação de chassis de ônibus em São Bernardo do Campo, como também à planta de Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde produzimos cabinas e os caminhões, disse diz Philipp Schiemer. “Tudo isso está programado dentro do investimento de R$ 2,4 bilhões que anunciamos recentemente para os próximos cinco anos, até 2022”.

IMG_1236

A nova linha proporcionou ganhos para a Empresa. “Ela é 15% mais eficiente em termos de produção do que a anterior”, disse Philipp Schiemer. Além disso, alcançaremos 20% de ganho de eficiência logística, graças à redução de armazéns de peças de 53 para 6, ao aumento do fornecimento de peças diretas na linha (de 20% para 45%), e à redução do armazenamento de componentes (de 10 dias para no máximo 3 dias). Tudo isso se traduz em maior agilidade, eficiência e produtividade e nos deixa muito entusiasmados frente a muitos outros ganhos que ainda temos a somar com a evolução constante dessa nova fábrica”.

Com capacidade de produção 208 caminhões por dia em dois turnos, a fábrica opera hoje com quantidade reduzida: saem da linha de montagem apenas 85 unidades diárias

Luiz Cipolli Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste site é propriedade da Autoinforme - Agências de Informação do Automóvel S/C LTDA
É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio.
Para obter autorização da reprodução do conteúdo LIGUE para (11) 5535-6294 | Email:autoinforme@autoinforme.com.br