Fábricas em SP e Rio receberam certificação de uso de energia renovável

A fabricante de pneus Michelin tem como meta atingir a sustentabilidade total em suas fábricas no Brasil e para isso está realizando várias ações na busca de preservação do meio ambiente.

Recentemente recebeu o certificado de uso de energia 100% renovável, a Certificação I-Rec, que reconhece o uso de energia  proveniente do mercado livre.

Em relação a emissão de C02, a empresa neutralizou 50% das emissões nas fábricas do Rio de Janeiro e de São Paulo e neste ano pretende atingir a mesma meta na fábrica do Amazonas e nas Usinas de Beneficiamento de borracha natural do Espírito Santo e da Bahia. Até 2050, o pilar de sustentabilidade da Michelin pretende alcançar 100% da neutralidade de carbono.

Os certificados I-Recs comprovam que a energia produzida e consumida é de origem renovável, incentivando a implantação de usinas de energia limpa. Possibilitando o rastreio da origem da energia, os compradores mostram que estão de acordo com as melhores práticas da agenda ESG.

A empresa também recupera resíduos, reduz o consumo de energia, utiliza água de reuso, reduz o número de caminhões entre as unidades industriais da empresa. No último ano, reduziu em 40% da emissão de carbono em comparação com 2019.