Foi a pior venda diárias em vinte meses e o pior março dos últimos 18 anos

As vendas de carros e comerciais leves continuam em ritmo sofrível. As 134.852 unidades licenciadas em março foram o melhor desempenho neste ano, mas o volume é bem inferior ao praticado em 2021. É melhor apenas que as vendas de janeiro e fevereiro e de junho de 2020, quando o setor ainda sofria pesadamente o impacto da pandemia.

Março registrou aumento de 12,3% sobre fevereiro (120.055 unidades) e queda de 13,4% sobre março do ano passado.

As vendas diárias, de 6.130 carros, foram as piores dos últimos 20 meses e foi o pior março dos últimos 18 anos: em março de 2004 foram vendidas 132.523 unidades.

A Fiat mantém uma confortável liderança, com 21,5% de participação e 28.993 unidades, enquanto a segunda colocada, a GM, vendeu 19.148 e fez 14,2%. Destaque para a presença da Toyota na terceira posição, com 12,6%, ela que colocou dois carros entre os dez mais (Corolla Cross e Corola sedã) e a Hilux na décima primeira posição. A Hyundai ficou em quarto lugar e a Volkswagen amargou mais uma vez a quinta posição.

Veja os 30 carros mais vendidos em março

Vale destacar também a boa posição da Peugeot, que avança no ranking e fechou março em 11º lugar, bem próxima da Caoa Chery, décima colocada: a francesa vendeu 3.102 unidades e a Caoa 3.169.

Ranking por marca
Março/2022