Gustavo Garcia Zachary, estudante do 3º semestre da Escola Superior de Propaganda e Marketing, foi o vencedor do Prêmio Autoinforme de Estudantes de Jornalismo 2020, que é realizado pelo sétimo ano consecutivo com o apoio da Hyundai.

Gustavo Zarchary – ESPM

Com o objetivo de apresentar aos futuros profissionais o do setor automobilístico e levantar as discussões sobre os problemas do transporte e da mobilidade em geral em nosso País, o Prêmio Autoinforme reúne todos os anos estudantes de dezenas de faculdades e universidades em várias cidades brasileiras. Neste ano, o tema, como não poderia deixar de ser, foi a “Mobilidade Pós Pandemia”, propondo aos participantes uma análise da sociedade brasileira diante da pandemia e as tendências no plano da mobilidade.

Gustavo ganhou na categoria rádio e o seu colega de ESPM, João Pedro Pinhas Soveral Cirilo (“Carro como serviço”) ficou em segundo lugar. O terceiro lugar foi da estudante Camila C. Bandeira, da CEUNSP, com a matéria “Tecido Anti vírus”.

Na categoria texto o primeiro lugar ficou com a Karolline Vicente da Silva, da Fapcom, com a matéria “Emissão de CNH em queda entre jovens: quais os motivos por trás desse comportamento”. Em segundo lugar ficou a estudante da Unitau, Juliana Faria da Silva, com “Viagens pós-pandemia: mobilidade e tendências” e em terceiro Guilherme Lopes Machado, da Cásper Líbero, com “Carro próprio faz mais sentido do que nunca no novo normal”.

O júri deste ano, formado por importantes profissionais da mídia especializada e do jornalismo em geral (veja a lista dos jurados) escolheu três finalistas de cada categoria: rádio e texto, e em seguida elegeu o melhor trabalho entre todos.

Gustavo obteve o primeiro lugar na categoria rádio e foi o ganhador geral, com uma reportagem sobre a “Vontade de viajar”, que fala da expectativa das pessoas em colocar o carro na estrada logo que a pandemia permitir. Valmir Salaro, da TV Globo, que participou pela segunda vez do júri, parabenizou os finalistas, disse que, o nível das matérias foi muito bom:

“O trabalho que mais me tocou – e gostei bastante – foi a reportagem de rádio 1102 (é a matéria de Gustavo; os jurados não tiveram acesso aos nomes dos concorrentes). Uma matéria bem feita e com um começo (abertura) bastante criativo. Foram usados os recursos de áudio que me chamaram a  atenção. Gostei bastante. Parabéns”.

Valmir Salaro elogiou bastante também o texto de Juliana Faria, da Unitau:

Achei o texto bem claro, interessante de ler; chama a atenção a entrevista com a fotografa Mariana Klink. Como ela diz : “finalmente o brasileiro vai conhecer o Brasil”. Viajar pelo País é o desejo de muita gente valorizar ainda mais a forma como o brasileiro vive. Mas corremos o risco de aumentar a poluição se todos que tem carro usarem o veículo para sair de casa. Como tudo tem dois lados fica o alerta da arquiteta Erika Kneib: “isso vai levar ao aumento dos índices de congestionamento, de acidentes, de poluição atmosférica, e ainda maior  degradação do espaço urbano”. Parabéns.

Considerou ainda o texto 1108, de autoria de João Pedro Ribeiro Pena  “muito bem escrito e com bons argumentos” e elogiou a reportagem 1109 (Roberto Santana Lima) “A pandemia vem destruindo famílias e matando brasileiros”:

“O texto faz uma denúncia: a poluição do ar aumenta em 11% as possibilidades de morrer por Covid-19. Não vi esse tema ser discutido pela chamada grande imprensa durante a ampla cobertura da pandemia no Brasil. Gostei de saber. Parabéns”.