Com exceção da Carnival, Kia terá toda a linha eletrificada até o ano que vem

Na sua quinta geração, o Sportage incorpora as principais tecnologias de condução, conectividade e segurança que a indústria automobilística dispõe para a sua categoria e amplia a participação da Kia na linha de carros eletrificados.

O carro foi apresentado nesta quinta-feira (28/7/22) na cidade de Araxá, em Minas Gerais, no Festival de Carros Antigos da cidade mineira, que ocorre depois de quatro anos de ausência e é considerado ao maior exposição do gênero do Brasil.

Dotado da tecnologia híbrida, o Sportage 2023tem um motor a combustão de 180 cavalos e 27 quilos de torque, com três modos e condução, sendo que o modo ECO, com o alongamento das marchas, reduz em 8% o consumo de combustível em relação ao modo Normal, enquanto o modo Sport proporciona uma direção mais esportiva. A bateria, de 48 volts, é carregada com as freadas e desacelerações e contribui da economia de combustível. O carro conta com o sistema stop and go estendido, que desliga o motor a combustão com a redução de velocidade, mantendo-o desligado nas paradas.

O Sportage 2023 conta com equipamentos como o assistente de previsão de colisão frontal, simulador de faixa em caso de inexistência, alerta de saída do carro do estacionamento e sistema que avisa quando o carro da frente dá a partida, em caso de trânsito parado, o que evita de ouvir a buzinada do carro que está parado atrás. Tem também o controle de velocidade cruzeiro inteligente, que mantém a distäncia estabelecida do carro da frente e câmeras com visão 360 graus.

Em duas versões de acabamento e equipamentos, o Kia Sportage custa R$ 225 mil (EX) e R$ 260 mil (EX Prestige).

O Sportage é o segundo híbrido da Kia no Brasil, o primeiro chegou no ano passado, o Stonic. O Niro vem em setembro e em seguida os demais modelos a combustão serão eletrificados, com exceção da Carnival que, por enquanto, continua sendo somente a combustão.

Serão importados da Eslováquia (onde a Kia produz seus veículos eletrificados) 400 Sportage por mês, mas com há restrições na produção, nos primeiros meses a cota não deverá ser preenchida, uma preocupação para a empresa que prevê falta do produto para atender a demanda. Assim como quase todas as marcas, a Kia tem tido problema de oferta no mercado, porque a produção em todo o mundo está restrita por falta de semicondutores.